Grupo da melhor idade protesta por saída de professor

Segundo secretária de esportes e lazer, o assunto está resolvido

Por Redação 22/08/2017 - 23:28 hs

Na última sexta-feira (18), uma movimentação inusitada aconteceu primeiro em frente a sede da prefeitura de Guaratuba, com um buzinaço e em seguida com a “invasão” de um grupo da chamada “melhor idade”, que tomaram as dependências do auditório, gritando palavras de ordem, reivindicando a presença do prefeito e secretaria de esportes e lazer e exigindo o retorno do professor Marcelo, que durante mais de 07 anos foi instrutor de atividades físicas daquele grupo. 

Acabaram sendo ouvidos pela secretária Flavia Justus, pelo chefe de gabinete e outros assessores do prefeito. Na ocasião, foi dito aos participantes do movimento que o professor Marcelo é que havia pedido exoneração. O grupo acabou desocupando o local, sem a promessa da recontratação do seu instrutor.

Nesta segunda-feira (21), o mesmo grupo da terceira idade foi  a noite até a câmara de vereadores acompanhar a sessão ordinária e pedir a intervenção e auxílio dos parlamentares. O vereador Donizete Pinheiro dos Santos (PPS), foi a tribuna falar pelos mesmos e se emocionou diversas vezes durante o pronunciamento. Afirmou a capacidade e integração do professor Marcelo com o grupo da terceira idade e disse ainda que alguns municípios estariam desistindo de participar da 12ª edição dos Jogos da Melhor Idade ( que deverão acontecer em setembro), em respeito ao professor, até então coordenador dos Jogos Intermunicipais da Terceira Idade.  

 Em aparte, o líder do prefeito na câmara, vereador Laudi Carlos de Santi Tato (PSDB), afirmou estar decepcionado com a saída do professor Marcelo, seu amigo pessoal, afirmando ainda que já conversou com o prefeito sobre o assunto, garantindo ainda que em breve o professor estará de volta e que vai brigar por isso. O vereador Alex Antun, além de pedir a volta do professor Marcelo, reivindicou a volta do professor Robson, treinador das equipes masculina e feminina de handebol, exonerado do programa de cortes da administração municipal.

Em contato com a secretária do esporte e lazer Flávia Justus na noite de segunda-feira, a mesma afirmou que o  professor Marcelo não foi exonerado. Pediu exoneração alegando motivos alheios a vontade do mesmo e que seria interessante perguntar ao mesmo sobre os motivos, já que era o professor com o menor número de aulas. ( Não conseguimos contato com o mesmo). Sobre a possibilidade da volta de Marcelo, a secretária foi taxativa: “ele não vai voltar”. Disse ainda que a professora Ligia assumiu o lugar do mesmo e que tinha notícias de que os idosos iriam boicotá-la e que se isso realmente acontecesse, o horário da terceira idade seria cancelado, afirmando: “está nas mão deles”.

Na terça-feira (22) por volta das 10 horas da manhã, Flavia Justus enviou mensagem a redação do Mais Guaratuba e Rádio Alternativa FM, dizendo que as aulas para o grupo da terceira idade com a direção dos professores Alexandre e Lígia “foram um sucesso” , que todos irão participar dos Jogos da melhor idade e encerrou dizendo “ninguém é insubstituível”, numa clara referência e alfinetada no professor Marcelo.