Preso um dos maiores assaltantes a carro-forte do sul do país

Há um forte indício de que Ambrózio, esteja envolvido com o último roubo a carro forte, ocorrido recentemente na BR-277

Por Redação 19/08/2017 - 09:23 hs

O Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) identificou, na noite de quinta-feira (17), Guilherme Costa Ambrózio, 34 anos, suspeito de ser um dos maiores articuladores de roubo a carro-forte do Sul do Brasil. O reconhecimento foi realizado após Ambrózio ser preso em flagrante pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e encaminhado à unidade durante a tarde. O homem estava em posse de R$228 mil.

Segundo informações policiais, o suspeito conduzia uma BMW quando colidiu com um caminhão no Contorno Leste, na BR-116, sentido São Paulo. Conforme apurado com a PRF, Ambrózio fugiu do local e foi localizado em um posto de combustíveis, situado há dois quilômetros do acidente – de onde tentou fugir novamente, mas foi contido pela equipe policial.

Durante a abordagem, o homem se apresentou como “João Guilherme de Carvalho” utilizando uma documentação falsa, e todo dinheiro encontrado em sua posse estava dentro de uma mochila que ele carregava nas costas. Quando questionado sobre o dinheiro Abrózio informou que compraria um imóvel. Diante do fato, a equipe da PRF prendeu o homem por fuga de local de acidente, omissão de socorro, dirigir sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e desobediência à ordem policial.

Na sequência o homem foi encaminhado ao Cope, que prosseguiu com as diligências, e com o apoio do Centro de Comunicações de Operações da Polícia Civil (Cepol) constatou que o homem havia utilizado uma falsa identificação, e que na verdade tratava-se de Guilherme Costa Ambrózio.

Em consulta no sistema, a equipe verificou que o suspeito era foragido da Justiça do Rio Grande do Sul (RS) desde o mês de agosto de 2016, e possuía um mandado de prisão em aberto contra ele. Além disso, já possuía três inquéritos policiais por roubo a banco, entre os anos de 2010 e 2014, bem como porte ilegal de arma e receptação.

Em continuidade às diligências, os policiais descobriram que havia um apartamento alugado em nome de Ambrózio, localizado no bairro Capão Raso, e deslocaram-se até o local com o intuito de apurar o armazenamento de ilícitos. “No imóvel, a equipe encontrou uma pistola Glock, de 9 milímetros, com numeração suprimida, além de diversas munições e fitas que são utilizadas para prender maços de dinheiro abastecidos por carros-fortes”, informa o delegado-titular do Cope, Rodrigo Brown.

O delegado ressalta que, diante dos levantamentos e de troca de informações com a Polícia Civil do Rio Grande do Sul (RS), há um forte indício de que Ambrózio, esteja envolvido com o último roubo a carro forte, ocorrido recentemente na BR-277. “As investigações continuam com o objetivo de apurar e, consequentemente, comprovar a participação do suspeito em roubos a carros forte no Estado”, finaliza.

O homem foi autuado em flagrante por uso de documento falso, posse ilegal de munições e arma de fogo de uso restrito, além de ter seu mandado de prisão cumprido pela equipe do Cope.