Empresas apresentam propostas técnicas para a construção da Ponte de Guaratuba

A esperança é a última que morre

Por Léo Gomes 22/12/2017 - 17:05 hs

Duas empresas, uma de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, e outra de São Paulo, apresentaram propostas técnicas para a elaboração do EVTEA, Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental, da Ponte de Guaratuba e os acessos, no Litoral do Paraná. A abertura dos envelopes aconteceu na tarde desta sexta-feira, na Superintendência Leste do DER, Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná. O principal objetivo da construção de uma ponte ligando a Praia de Caieiras, em Matinhos, à Prainha, em Guaratuba, é agilizar o trânsito, melhorando a qualidade de vida tanto de moradores quanto de turistas. Na temporada de verão, mais de 100 mil veículos utilizam o ferryboat para a travessia. O estudo inicial prevê uma ponte com aproximadamente 800 metros de extensão e os acessos, estimados em dois mil metros de extensão. O edital propõe discutir a viabilidade de implantar uma faixa de rolamento em cada sentido, além de ciclovias e passeio para pedestres. A licitação vai ter mais duas etapas até que seja conhecido o vencedor. Na próxima sessão pública vão ser abertas as propostas de preços. A última fase do processo é a apresentação dos documentos para habilitação das empresas, como registros e certidões. Nestas instâncias da licitação, os participantes também podem recorrer.